A Senhora da Magia As Brumas de Avalon

Resenha: A Senhora da Magia (As Brumas de Avalon #1) - Marion Zimmer Bradley

10.1.18Suzana Chaves Linhares


Sinopse e Ficha Técnica

Olá leitores! Primeiramente, feliz Ano Novo!! Que 2018 seja repleto de realizações para todos! E a primeira resenha desse ano é cheia de magia, vem comigo se aventurar nesse lugar mágico, a resenha de hoje é A Senhora da Magia (As Brumas de Avalon #1) de Marion Zimmer Bradley.


Os livros da série As Brumas de Avalon contam a história do Rei Arthur, o lendário rei da Bretanha, o rei que deu origem a diversas lendas. Em A Senhora da Magia iremos conhecer os fatos antes do nascimento de Arthur e todas as ações realizadas para leva-lo ao trono.

Vamos conhecer Igraine, mãe de Morgana e depois de alguns anos seria mãe de Arthur. Igraine é uma filha de Avalon, irmã de Viviane, a Senhora do Lago e grande sacerdotisa de Avalon. Igraine foi dada em casamento e assim teve que sair de Avalon, teve sua primeira filha - Morgana - e passava seus dias no castelo, mas ainda assim mantinha seus costumes em relação ao seu culto à Deusa. Mas o destino de Igraine era muito maior do que ela imaginava e sua vida teria uma grande mudança.

Viviane e Merlin (Sim, esse Merlin!) visitam Igraine e revelam o destino que le aguarda, não acreditando nas palavras ditas, Igraine pensou ser mais um joguete da Deusa e se recusava a participar do que lhe foi proposto, mas ela percebe o que está prestes a acontecer  e muda de ideia.


Os mundos voltarão a se juntar, um mundo com lugar para a Deusa e para o Cristo, para o caldeirão e a cruz. E esse líder nos unificará.

Morgana é apenas uma menina, mas Viviane percebeu que aquela garota teria um grande futuro em Avalon e no momento certo levaria sua sobrinha para a ilha encantada. Anos se passam e o destino de Igraine acontece, nesse período nasce o jovem Arthur, que foi criado em um local seguro pois várias vezes houveram "acidentes" que quase ceifaram sua vida e Morgana segue para Avalon.


O Grande Rei a quem seguirão deve ser filho da Ilha Sagrada, um verdadeiro filho da Deusa.

Viviane inicia os ensinamentos de sacerdotisa para Morgana, pois enxerga nela sua sucessora. Arthur está se tornando um grande guerreiro e um homem de bom caráter. Mas o destino é algo misterioso e a vida desses irmãos serão cruzadas de uma maneira impressionante e isso poderá mudar o destino de toda a Bretanha.


 Disseram-lhe o nome dessa espada: Excalibur, o que significa aço cortado. Espadas feitas de ferro de meteoritos eram raras e preciosas; esta vem poderia ter o preço de um reino.

As Brumas de Avalon é uma história maravilhosa! Fiquei com uma ressaca literária enorme e minha mente não conseguia se ligar em outra leitura. Eu ainda estava em Avalon, envolvida em toda aquela magia e rituais, em todas a s tramas criadas em favor de um reino. 

Antes do Cristianismo, existia outra religião que venerava à Deusa. As mulheres eram valorizadas, cultuadas e respeitadas. Em Avalon elas eram a maioria e a grande sacerdotisa tinha um poder enorme, pois representava um povo. Bem diferente da nova fé que chegava aquelas regiões, onde a mulher era colocada em último lugar, não tinha voz ativa, sempre obediente ao marido. Tinha que ficar sentada ao lado da lareira fiando e tecendo. O livro mostra bem essa diferença entre as crenças e como ambas eram vistas por seus seguidores.

É uma história bonita, forte e também triste. A  narrativa é bem dinâmica e vai te enfeitiçando a cada nova página. Para os amantes de fantasia medieval (eu!!), As Brumas de Avalon é um verdadeiro deleite, uma história marcante e que vai te surpreender.

Até a próxima!

Você Pode Gostar Também

8 comentários

  1. Olá,

    Eu tenho uma curiosidade enorme para conhecer essa história, mas até hoje não me apareceu uma oportunidade. A sua resenha só colaborou para a minha ansiedade, mas confesso que você abordou alguns detalhes que não tinha visto em outras, amei a forma justa e clara que você descreveu a obra! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  2. Oii amada, tudo bem?
    Que demais saber a sua opinião, eu tenho os volumes e a série completa só que em edição física, com toda certeza adoraria ler aliás, tenho muita curiosidade para saber se irei gostar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem?
    Já li a série e ADOREI, tem uma edição de capa dura com todos os livros LINDA demais, vc já viu?
    bjos

    ResponderExcluir
  4. Eu li os quatro livros dessa série quando tinha uns 12 anos logo depois de ver o filme. Era simplesmente apaixonada pela história. Agora que a Planeta lançou o volume único e eu tive o prazer de receber um, mal vejo a hora de fazer a releitura deles. Aliás, pretendo começar um projeto ainda esse mês para fazer isso. Estou bem ansiosa para ver se a história funcionará comigo agora como foi na adolescência.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  5. Nossa, deu uma nostalgia aqui, eu li esses livros há uns 20 anos. São muito bons mesmo. Obrigado pela boa recordação, sua resenha ficou muito boa e fez jus à obra.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Quero muito ler os livros desta série. Amo O Rei Arthur e com certeza adorarei este livro.

    ResponderExcluir
  7. Quero muito ler os livros desta série. Amo O Rei Arthur e com certeza adorarei este livro.

    ResponderExcluir
  8. Oiii!

    Ah eu tenho muita vontade de ler essa história. Há muito tempo eu li um livro que fazia referencia ao Rei Arthur e hoje tenho muita vontade de ler mais coisas baseadas. Dicas anotada.

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário é muito importante! Todos os posts são escritos com bastante carinho para todos os leitores.

Sempre que der, vou responder seus comentários. Obrigada pela visita e volte sempre!

Siga o blog no GFC, Curta nossa Fanpage. Siga no Instagram.

Publicidade

Visitas

Formulário de contato