Resenha: It: A Coisa - Stephen King



Título: It: A Coisa
Autor: Stephen King
Editora: Suma das Letras
Gênero: Terror/Mistério/Suspense
Páginas: 1103
Ano: 2014
Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em 'It - A Coisa', clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.

Olá leitores, como estão?

Sempre comento aqui no blog que sou um ser medroso. Eu até que assisto alguns filmes e me assusto bastante. Em relação aos livros, passava longe...bem longe. Até que um dia, decidi que devia tentar ler e assim fui me aventurando. Nunca tinha lido nada do King, e comecei por este. Ah, esqueci de dizer, não gosto de palhaços. Sim, para mim são assustadores. E olha que legal, a capa tem um palhaço...Vem comigo, senta com os pés em cima do sofá e se cubra com um cobertor, vamos conhecer It: A Coisa.

A história se passa na cidade americana de Derry. Algumas mortes começam a acontecer pela cidade, e isso não é algo inédito, elas ocorrem em ciclos de alguns anos. São mortes estranhas e começam a assustar a população da cidade. Um grupo de crianças ficaram face a face com esse grande perigo e tiveram suas vidas afetadas por causa disso.

"O terror, que só terminaria 28 anos depois (se terminasse), começou, até onde sei ou consigo saber, com um barco feito de um folha de jornal flutuando por uma sarjeta cheia da água da chuva."

Elas o denominaram de A Coisa, uma coisa maligna, diabólica, que se alimentava do medo, da violência e de tudo de ruim que pode afetar o ser humano. A Coisa era personificada pela figura de um palhaço, para quem tem medo de palhaço é bem assustador.

30 anos se passaram e Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly,  as crianças que enfrentaram a Coisa, retornam para Darry. O Motivo? Seus piores pesadelos voltaram, o que eles mais temiam aconteceu. Depois de tantos anos ela está de volta, a Coisa volta a atacar. 

O clube dos otários, como se denominavam, se reuniu mais uma vez e começaram a se atualizar sobre todas os crimes que aconteceram. O pior, é que a Coisa sentiu a presença deles e todos os medos e traumas do grupo de amigos começavam a florescer. Era chegada a hora de unir forças e acabar com essa terrível criatura de uma vez.

"Houve um estrondo com som líquido. Beverly, Mike e Richie gritaram ao mesmo tempo...De repente, todos saíram despencando."

It: A Coisa é um livro bem grande e com diversos personagens em sua trama, o livro não narra apenas histórias no presente, mas também mostra fatos que ocorreram no passado, que são importantes para o entendimento de toda a trama. 

Foi meu primeiro contato com a escrita do King e fiquei apaixonada! O modo como ele conduz a história é impressionante, o cuidado com os pequenos detalhes e com as informações fazem toda a diferença na história. Outra fator que me chamou bastante atenção foi o lado psicológico dos personagens, o modo como foi trabalhado é de arrepiar. Dava para sentir seus medos, dúvidas e aflições. Além disso, King consegue transportar o leitor para dentro de sua história, te envolve em toda a atmosfera e claro, até mesmo sentir medo. Sentiu medo Suzana?

"Foi nessa hora que Beverly gritou, com um som agudo no meio do silêncio. O domo acima captou o som, e os ecos foram como gargalhadas de banshees, voando e flutuando ao redor deles."

Claro! As cenas em que a Coisa aparece são muito bem descritas, assim como as coisas horríveis que ela fazia. Confesso que ficava bastante angustiada com algumas cenas e algumas vezes até medo. 

Não é a toa que Stephen King é considerado mestre do terror. O modo como ele escreve e conduz sua história é digna de prêmio. É uma escrita tranquila e que vai conduzindo o leitor aos poucos, quando nos damos conta estamos super envolvidos com os livros.

Para todos que gostam de um bom livro de terror, suspense e mistérios, It: A Coisa será uma ótima leitura para vocês, recomendo bastante!

Até a próxima!

23 comentários:

  1. Oi Suzana! Adoro os livros do Stephen King, recentemente li Doutor Sono e super indico, mas também recomendo ler O Iluminado primeiro, já que Doutor Sono é uma continuação. Não li It - A Coisa ainda, mas é uma das obras mais famosas do King, pretendo ler um dia.

    Blog aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Menina, eu levo susto com a minha sombra, portanto, mesmo sabendo o quanto King é genial em sua escrita, passo longe. Deixo para quem ama e curte! Parabéns pela resenha, ficou muito interessante! Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Suzana, tudo bem?
    Eu nunca li nada do autor e confesso que, se um dia decidir ler, "It: a coisa" será o último em que pensarei rs. Pensa em alguém medrosa. Sou eu! E em se tratando de palhaços, então... tô fora! Passo bem longe! haha
    Eu não saba que a história tinha esse salto de 30 anos no tempo. Esse aspecto deve ser interessante, mas não a ponto de me convencer a ler algo protagonizado por um palhaço do mal. Socorro! ahhaa

    Em todo caso, fico feliz que você tenha gostado do livro.

    Parabéns pela resenhas.

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Suzana!
    A escrita do Stephen King é incrível né? Sou super fã do autor.
    Ainda não li It, mas conheço um bocado da história de vê-la desfilando por ai.
    Também não sou fã de palhaços e vê-lo personificando uma coisa tão aterradora assim só me faz gostar menos deles.
    Espero que a leitura tenha sido proveitosa haha
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Hello!
    Eu nao sou nada fã desses livros do Stephan King, sempre prefiro os livros de suspense policial dele.
    A capa é classica ne? Eu acho que da medo demais hahhaa.
    A resenha ta otima, mas ainda sim vou ter que passar a dica, pq eu nao curto esse tipo de leitura.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  6. Olá
    King é apaixonante, depois que você começa é dificíl parar, em minhas resenhas vivo falando isso: King é o rei dos personagens, fico boquiaberta com a habilidade que ele tem de criar tantos personagens e cuidar com carinho de todos eles, essa parte psicológica também é bem forte em suas obras.
    Quero ler It esse ano ainda, vamos ver se consigo, já que tenho alguns livros do próprio King antes.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns por ter enfrentado seu medo de terror e de palhaços e ter lido esse livro que deve ser de arrepiar... Já li Stephen King e posso dizer que ele sabe mesmo mexer com o psicológico do leitor haha.
    http://minimundoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Você falou de medo de palhaços e me lembrei do Sam de SPN que também morre de medo desse personagem.
    King sempre trabalha muito bem com seus livros de terror e conquistam pela narração bem detalhada sem ser massante.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Acredita que também ainda não li nada do King?!
    Mas fico feliz que em seu primeiro contato com a escrita do autor tenha gostado tanto e descoberto porque ele é considerado o mestre do terror. É muito bom saber que ele desenvolve muito bem a trama, conduzindo o leitor e fazendo-o adentrar nas páginas sem querer largar mais!

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  10. Oiii!

    Eu nunca li nada do autor, mas o motivo é simples: eu morro de medo! Hahahah Todo mundo que lê, gosta, mas comigo eu sei que não funciona... então sempre deixo esse tipo de obra de lado.
    Mas gostei muito da sua resenha!

    beijinhos.

    ResponderExcluir
  11. Oii,

    Olha não vou negar, eu já li várias resenhas sobre esse livro, mas a sua foi uma das mais completas que já vi. Porém, não é em nada algo que eu leia, eu sou medrosa e o gênero não me atrai. Quem sabe na próxima.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Suzana
    Sabe que assim como você sou super medrosa com filmes e livros. Mas sabe que também sempre quis ler algo de King e esse livro, apesar dele ser enorme mesmo. Gostei de saber que se apaixonou pela escrita do autor, só comprova o que todos dizem. Adorei saber que uma medrosa assim como eu, adorou a história rs. Isso me instiga ainda mais a ler.

    ResponderExcluir
  13. OIe!
    Acredita que não li nada do autor?
    Já recebi várias indicações para ler, mas ainda não tive a oportunidade. Quem sabe mais para frente, eu venha a ler esse livro.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Stephen King é mestre! Estou louco pra ler esse livro dele também!

    ResponderExcluir
  15. Ola Suzana lindona confesso que ainda não li nada do mestre King, o gênero não é um dos que mais goste, fiquei curiosa com o livro ainda mais com esses
    palhaços, há muitos elogios a escrita do autor. Quem sabe não começo com esse livro e assim saio de minha zona de conforto.
    beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem? Sou igual a você HAAAHHA tenho pavor e horror a livros/filmes de terror, suspense ou thriller. Fujo como um cachorro correndo e por isso creio eu que não lerei algum livro do King em um futuro próximo. Sim, acho que também um dia irei me aventurar no gênero, mas ainda não é o momento.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Eu estou com esse livro no formato digital. Tenho tido arrepios só de imaginar a história. Não tenho medo de muitas coisas, mas esse palhaço é tenebroso! Acho que vou ler esse ano. Ótima resenha! Abraços,
    Drica.

    ResponderExcluir
  18. hi baby, tudo bem? uma amiga me deu esse livro e estou querendo começa-lo o mais rapido possivel, e assim como você também sou medrosa e odeio palhaços kkkk mas li recentemente O cemitério, meu primeiro livro do Stephen king e me apaixonei pela escrita dele, vou ler esse logo!

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Eu amo, amo demais a escrita do autor, ele consegue nos prender do inicio ao fim. Ainda não tive como ler o livor, mas pretendo compra-lo na bienal aqui do Ceará. Quero ver todas as suas impressões, conferindo essas cenas angustiantes relatados por ti.
    Adorei mesmo sua resenha, você conseguiu alavancar minha curiosidade sobre este enredo.

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Sério, morro de medo dessa capa, apesar de querer ler muito. Você já leu Carrie, a Estranha? Sério, se não leu, leia, é muito bom - e muito melhor que todos os filmes já feitos sobre ele.

    ResponderExcluir
  21. Oi
    Eu nunca li King e confesso que falta coragem, é tanto medo que nem vontade de começar a ter coragem eu tenho! Mas a Grazi lá do blog adora! Acho até que vai sair uma resenha dele por esses dias! Parabéns pela coragem rsrs

    Talita - Viciados em Leitura

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Eu morro de vontade de ler esse livro, mas tenho muito medo do tamanho dele, tenho a sensação que vou levar o ano inteiro para ler hahaha Acredita que nunca li nada do Stephen? Preciso mudar isso o mais rápido possível!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Oi Suzana!!
    Queria eu ser corajosa assim para enfrente um King como primeira leitura de terror! hahahahahah
    Esse gênero e fato nao é pra mim, então hoje vou deixar a sua dica passar ta?

    beijos

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário é muito importante!

Todos os posts são escritos com bastante carinho para todos os leitores.

E, sempre que der, vou responder seus comentários.

Obrigada pela visita e volte sempre!

Siga o blog no GFC, Curta nossa Fanpage. Siga no Instagram.