Título: Bela Maldade
Autora: Rebecca James
Editora: Intrísica
Páginas: 304
Ano: 2011

Após uma horrível tragédia que deixou sua família, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato. Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna difícil quando ela conhece a linda e sociável Alice Parrie. Incapaz de resistir à atenção que Alice lhe dedica, Katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade. No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passa a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel. Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada...


O que posso dizer de Bela Maldade...
Simplesmente maravilhoso. É um livro bastante intenso, principalmente como trabalha o lado psicológico dos personagens. Com drama, suspense e ação na medida certa, este livro é uma boa pedida para quem gosta de um enredo cheio de reviravoltas.

Somos apresentados a Katherine Patterson, uma jovem de uma família bem sucedida e feliz...Até acontecer uma tragédia  que muda o rumo desta família, até então perfeita. Katherine muda de cidade e passa a utilizar outro sobrenome, tudo para esconder seu passado, este do qual ela não consegue esquecer.




Título: O Diário de Suzana para Nicholas
Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro
Páginas: 224
Ano: 2011


Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”. Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou.


Um livro emocionante, doce e suave. Isso é O Diário de Suzana para Nicholas. Chorei muito...O único livro que teve o mesmo efeito foi Um Ano Inesquecível de Nicholas Sparks. Ele realmente mexe com o seu emocional, você consegue sentir a onda de sentimentos que o autor quer passar e a leitura te prende, li em um dia.


"Talvez alguma coisa dentro de mim tivesse certeza de que você estaria aqui um dia. Um sinal de esperança. Um desejo profundo"

Olá!
Que os livros físicos são os nosso queridinhos, todos sabem. Nada se compara com a experiência de sentir o livro: sua textura, seu cheiro, apreciar o trabalho da capa e outras rituais que o leitor faz antes de finalmente abrir o livro e começar a ler.

Mas, infelizmente, nem sempre dá para levar os nosso queridinhos para todo canto. Principalmente quando a bolsa é pequena, ou quando não tem um espaço na mochila ou na mala de viagem. É nessas horas que os ebooks entram para nos socorrer.


Confesso que eu olhava torto para os ebooks. Mas, depois que  minha filha nasceu, ficou bem mais prático ler em ebook. Fica bem pesado carregar um bebê, a bolsa do bebê e mais livros rsrsrs.


Nessa minha nova aventura com  os ebooks, passei a procurar quais eram os melhores aplicativos de leitura para Smartphone e tablets. Aqui vai a minha listinha para vocês:



Universal Book Reader: É o que eu uso, na minha opinião é o melhor. Ele apresenta o layout com estante, onde todos seus ebooks ficam organizados. Lê tanto em PDF quanto em Epub, mas  a experiência em Epub é bem melhor. Neste formato você escolhe a cor da página, podes deixar em sépia por exemplo, mudar a fonte, ajustar o brillho e o modo de leitura dia e noite. O movimento das páginas é semelhante ao folhear de um livro.